Solitude: O hábito que ajuda empreendedores a evoluir!

Você sabe o que é solitude e como tal hábito pode agregar benefícios para a sua vida de empreendedor?

Pois saiba que o fato de saber como migrar erros para um patamar de acerto e aprender com pequenos equívocos sempre precisa começar pela prática da própria solitude!

Na verdade não tem como desassociar tais atributos a esse hábito – isso quer dizer que para que uma empresa consiga atingir o sucesso e bons resultados, o empreendedor em si precisa construir seu próprio crescimento!

O grande ponto é que a grande maioria sabe disso na teoria, mas, quando se trata de considerar isso na prática a história tende a ficar um pouco mais complicada!

O fato é que determinados pontos e condições existentes na rotina do empreendedor acabam dificultando esse processo de crescimento, e a evolução simplesmente não consegue atingir um bom patamar.

Se você quer entender como lidar com essa condição e atribuir esse hábito à sua vida como empresário, continue lendo esse conteúdo e entenda o que você pode fazer a respeito agora mesmo!

Solitude – Primeiramente o empreendedor para que os resultados possam ser alcançados em seguida!

Todo empreendedor tem o objetivo de ver sua empresa crescer, melhorar os resultados, ter uma boa produtividade, e outros aspectos, não é mesmo?

Mas, eles não somente são objetivos, e sim desafios! O grande ponto é que um bom crescimento sustentável depende de uma boa evolução e quando essa tal evolução não acontece por parte do empreendedor, incluindo sua forma de pensar, agir e até mesmo seus hábitos, ele acaba restringindo a sua empresa a também ficar estagnada!

Isso quer dizer que quando o empreendedor não busca meios de evoluir por si próprio primeiro, automaticamente ele afeta todo o potencial da empresa e justamente por esse motivo é tão crucial manter a mente sempre aberta a tudo que permeia o mercado e as tendências sociais e comportamentais.

Mas, você sabe porque isso ocorre? – a melhor forma de responder a esse ponto é afirmar que é justamente o empreendedor que influencia de forma direta todo e qualquer resultado do seu negócio, embora muitos não acabem se atentando a essa percepção.

Na verdade toda e qualquer ferramenta que seja atribuída à sua empresa, bem como estratégias e ideias precisam ser condicionadas a um ambiente empresarial realmente sólido.

O mesmo vale para mentes mais bem preparadas, comportamentos e até mesmo hábitos que permitam potencializar, ativar e até mesmo sustentar os resultados almejados.

Empreendedores que se mantém sempre com a mente mais fechada e não se permitem enxergar novas oportunidades e até mesmo eventuais ameaças que estejam permeando seu mercado de atividade, acabam tendo um comportamento muito reativo e não conseguem ponderar desmembramentos de crescimento do seu negócio.

 solitude

Reflita – você não irá aprender somente com erros ou acertos!

Provavelmente você já ouviu justamente o contrário a respeito dessa afirmação, correto? Porém, grandes empresários defendem justamente o contrário do que muitos acreditam desde sempre!

Na realidade, o aprendizado como um todo pode ser, de certa forma aprendido com erros ou acertos, mas o que realmente pode enriquecer suas percepções é algo muito maior e importante em ambas as situações – a reflexão!

Quando não nos dedicamos à reflexão acabamos comprometendo qualquer aprendizado que estejam prestes a absorver. Não adianta nada você errar e saber o que não deve repetir no futuro se você não refletir sobre o que o levou a esse erro e o que você precisa considerar para que os caminhos futuros não lhe carreguem para o mesmo resultado anterior.

O mesmo vale para o acerto – você poderá perceber que tomou uma decisão que lhe garantiu bons frutos, mas precisa refletir como manter isso no decorrer do tempo e como poderá aprimorar suas condições para se superar ainda mais no futuro!

Consegue perceber como em ambos os casos a reflexão é a detentora do seu aprendizado e de como você poderá atribuir um cenário muito mais produtivo na sua empresa por meio dessa ação?

Praticando a solitude!

Praticar a solitude permite que na própria solidão o empreendedor consiga organizar sua cabeça, seus pensamentos e refletir sobre diversos pontos acerca do seu negócio e até mesmo sobre seu comportamento como líder!

É comum que diante de conflitos e dilemas tenhamos o desejo de dividir certas aflições com outras pessoas e contar com um ombro amigo, mas por meio desse hábito é possível também extrair bons resultados e não sentir um vazio, como muitos até então acreditam!

É saudável e necessário praticar a solitude, pois refere-se a um momento importante para sua pausa, entender como ser mais produtivo, saudável e aprender a ouvir tudo que está ao seu redor de forma mais profunda e assertiva!

Leia Também…

Startups devem evitar desengajamento da equipe

Gestão de riscos: tenho controle do meu negócio ou estou correndo riscos?

Como vender valor e não preço

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *