Home / Artigos / Como elaborar um pitch perfeito!

Como elaborar um pitch perfeito!

Como elaborar um pitch perfeito!

Você por acaso sabe como elaborar um pitch perfeito? Muitas pessoas se perguntam sobre esse aspecto, sabia?

Antes de qualquer coisa, é importante salientar que pitch nada mais é do que uma apresentação, que em média possui de 3 a 5 minutos.

O objetivo dessa apresentação é sempre despertar a atenção por parte de seu interlocutor, que pode ser um investidor ou até mesmo um cliente – a ideia é fazer com que essa pessoa se interesse de fato pelo seu negócio e todos os aspectos pertinentes ao que você deseja informar.

Nesse sentido, o pitch precisa conter o máximo de informações fundamentais e que agregue diferenciais que valem a pena ser ressaltados para conquistar a outra pessoa e provocar um bom entendimento.

Essa apresentação pode ser apresentada tanto de forma verbal como também por meio de ilustrações, considerando uma média de 3 a 5 slides no total, contendo basicamente os seguintes elementos:

  • Salientar qual é a oportunidade envolvida
  • O tipo de mercado de atuação
  • As soluções que podem ser propostas
  • Os principais diferenciais
  • O que de fato se está buscando

Logicamente tais tópicos são classificados como genéricos, podendo mudar de acordo com cada tipo de proposta e necessidade. Isso porque cada negócio possui suas próprias particularidades e o que de fato irá contar no final é o objetivo de explorar o máximo de informações de forma objetiva e clara durante a sua apresentação.

Elaborar um pitch perfeito – seu negócio em uma apresentação matadora.

como elaborar um pitch perfeito

É importante ter em mente que por meio da avaliação dessa apresentação, seu investidor ou cliente terá a oportunidade não somente de analisar o seu negócio, mas também o seu perfil como empreendedor.

Justamente por esse motivo é de suma importância que você explore ao máximo uma apresentação que revele todo seu conhecimento e a sua ampla capacidade de execução.

Outro ponto fundamental é levar em consideração que não há qualquer tipo de fórmula mágica ou universal para tal, uma vez que cada investidor ou cliente possui um tipo de interesse diferente.

Por isso, há a possibilidade de se elaborar um pitch diferente para cada perfil de apresentação e objetivo – você pode investir suas energias na elaboração de 2 ou 3 versões se julgar necessário, levando em consideração sempre o perfil do ouvinte que deseja impactar.

Antes de efetuar sua apresentação é válido também dedicar um tempo para realizar um estudo acerca do nível de conhecimento da pessoa que irá ser impactada pelo pitch – isso inclui seus conhecimentos acerca do mercado de trabalho e até mesmo do seu próprio negócio.

Já para clientes ou investidores que possuam um conhecimento reduzido, é interessante recorrer a um perfil de apresentação mais básica. Já para quem possui um know-how em meio ao seu segmento de atuação, a dica é considerar um pitch com nível mais avançado e até mesmo técnico!

O que o seu pitch precisa conter em tão poucos slides?

Em geral, é possível seguir uma estrutura consiste para elaborar seu modelo de pitch. Confira abaixo:

  • Identificação de oportunidades – é importante que seu pitch indique sempre em qual tipo de oportunidade poderá dedicar ao seu cliente ou investidor, ou seja, qual o perfil de mercado e até mesmo as necessidades envolvidas. Seja o mais direto e objetivo possível nessa primeira parte.
  • Soluções: Entre o slide 2 e 3 você pode apresentar de forma bem suscinta qual a solução proposta pela sua empresa – aqui é válido também expor as inovações e diferenciais que a sua empresa se apoia, pois isso já ajudará o cliente ou investidor a se aprofundar na sua apresentação.
  • Diferenciais: Reforce suas vantagens perante o mercado competitivo.
  • Aprofundamento da proposta: Se a sua apresentação for elabora com foco em um investidor, é importante evidenciar no seu pitch o estágio que seu negócio se encontra, bem como o valor de investimento desejado para dar sequencia à negociação desejada. Se o caso for uma apresentação para um cliente, deixe claro qual é a sua proposta comercial.

Após concluir a elaboração da sua apresentação, procure fazer uma simulação, levando em consideração tanto os slides como também o que usará de argumentos verbais para certificar que ela é de fato consistente para sua negociação!

Uma dica é antecipadamente fazer uma breve apresentação para colegas ou amigos – a ideia é solicitar que os mesmos lhe deem um feedback após a apresentação, principalmente para identificar se a proposta se revela realmente atrativa e se atingiu o objetivo desejado!

Agora que você já sabe como elaborar um pitch perfeito, que tal seguir todas as dicas descriminadas ao longo desse artigo e fazer grandes apresentações para seu negócio? Sucesso!

 

Leia Também…

Como tornar sua empresa maior do que você?

Mindset de crescimento, como desenvolver líderes adotando a mentalidade de aprendiz?

Veja Também

CRM o que é e como usar

CRM o que é e como usar? Você sabe o que é CRM? Essa estratégia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Está com alguma dúvida? Fale comigo no WhatsApp